7 Filmes Inspiradores para Motivar e Empoderar Mulheres

O cinema é uma fonte de motivação com filmes inspiradores para  mulheres que empreendem ou desejam criar um trabalho com mais propósito. Os enredos e razões que movem cada história, tem em comum a persistência e a resiliência, duas habilidades fundamentais para empreendedoras.

Selecionei algumas histórias inspiradoras, de mulheres empoderadas e empoderadoras, das quais você pode extrair interessantes lições para os negócios e para a vida.

Entretenha-se e emocione-se com essas mulheres admiráveis, sem sucumbir aos conceitos clichês e estereótipos de autoajuda e romantizados, pois cada história tem sua particularidade.

Filmes inspiradores para mulheres

1. Julie & Julia

A-MO esse filmes, sério! Já vi mais de 10 vezes. O filme se baseia em dois livros, de personagens reais, vivendo em épocas diferentes. Julia Child (interpretado por Meryl Streep) e Julie Powell (interpretado por Amy Adams).

Ambas amam cozinhar e suas vidas parecem perdidas. A culinária é a grande motivação delas para criar uma vida com mais propósito. Julia, a americana que aprende os segredos da cozinha francesa e escreve um livro que vira um sucesso no seu país de origem. Julie, uma fã que cria um desafio para si mesma: realizar todas as mais de 500 receitas do livro de Julia em 365 dias e postar em seu blog.

Julie & Julia, conta a história de duas mulheres obstinadas e fala da importância de se ter objetivos na vida e perseverar.

2. Rainha do Katwe

Esse filme é o mais rescente que assisti, por acaso, mas que fiquei impactada. O filme retrata a trajetória de Phiona, uma menina que mora em uma região pobre de Uganda. E que após assistir uma aula de xadrez, se interessa tanto pelo jogo, que ela irá superar a si mesma para se tornar uma grande enxadrista.

Phiona vai precisar ser muito resiliente, e aprender que não é o lugar de onde ela vem que determina onde ela pode chegar. O filme é uma ótima reflexão do quanto a gente se sabota e dá desculpas para não fazer o que precisa ser feito. E que somos capazes de mudar a nossa realidade independente das condições atuais.

3. Joy – O Nome do Sucesso

Joy é uma mãe solteira que vive com os dois filhos e enfrenta muitas dificuldades financeiras. Estrelado pela talentosa Jennifer Lawrence, o enredo conta a história real de Joy Mangano, empreendedora norte-americana que ficou milionária e conhecida por uma série de invenções domésticas, entre as quais um esfregão que se pode torcer sem molhar as mãos.

“Chegamos onde estamos com trabalho árduo, paciência e humildade. Então quero dizer que jamais pense que o mundo lhe deve algo. O mundo não lhe deve nada”. – Joy Mangano

Com várias ideias, mas obrigada a abandonar seus sonhos para cuidar da casa e da família após a saída do pai (Robert De Niro) de casa, ela decide reinventar a si mesma. A partir de então, enfrenta uma longa jornada para viabilizar a produção e emplacar suas criações nos canais de venda dos anos 90.

4. Um Senhor Estagiário

Esta leve e dinâmica comédia mostra o dia a dia de Jules Ostin (Anne Hathaway), criadora de um bem-sucedido e-commerce de roupas sob medida (inspirado na Sophia Amoruso de Girl Boss) que, apesar de ter apenas 18 meses, já tem mais de 200 funcionários. A vida atarefada devido às exigências do cargo de presidente da empresa a faz descuidar dos relacionamentos pessoais.

Fala sobre a difícil tarefa de encontrar o equilíbrio entre vida pessoal e profissional. Vale a pena a reflexão!

5. O Diabo Veste Prada

Provavelmente você já assistiu esse filme, e se for como eu quando ama um filme, deve ter assistido pelo menos umas duas ou três vezes. Mas, quero te convidar a assistir esse filme por uma outra perspectiva.

Andrea Sachs (Anne Hathaway) é uma jovem que conseguiu um emprego na Runaway Magazine, a mais importante revista de moda de Nova York. Ela passa a trabalhar como assistente da arrogante Miranda Priestly (Meryl Streep), personagem inspirado na poderosa Anna Wintour, editora de moda da Revista Vogue americana. Logo Andrea nota que o “emprego dos sonhos” não era tão bom assim.

O enredo do filme revela os bastidores do universo fashion, particularmente os mecanismos que regem os editoriais de moda. Mas não é só isso, o filme mostra como Andrea precisou mudar para se encaixar naquele mundo e como isso afetou seus relacionamentos pessoais.

Mais uma vez falando sobre o equilíbrio entre o trabalho e a vida pessoal. Aqui com uma alta cobrança dos dois lados. O que torna ainda mais difícil encontrar um equilíbrio.

Quando iniciamos um novo trabalho, um novo projeto é normal que no inicio a gente fique sobrecarregada, então é importante contar com o apoio e compreensão da família e amigos mais próximos.

Vamos parar de romantizar relações abusivas, que não permitem você ser a sua melhor versão.    

Talvez você já tenha passado por algo assim. E o que fazer? Bem, em primeiro lugar, coloque o mundo no mute, a resposta esta sempre dentro de você. O que você quer? O que realmente importa pra você?

A sua vida, tem que fazer sentido pra você. Não viva em função dos outros!

6. Erin Brockovich – Uma Mulher de Talento

“Pela primeira vez na minha vida as pessoas estão me respeitando. Portanto, não me peça para desistir”. – Erin Brockovich

A frase representa bem Erin Brockovich (nome real) no clássico filme homônimo de 2000 que conta a história de uma mãe solteira de três filhos, pobre, que trabalha num pequeno escritório de advocacia e que enfrenta uma grande companhia da Califórnia, nos Estados Unidos, que estaria contaminando a água de uma cidade.

7. Coco Antes de Chanel

O filme conta a história de Coco Chanel, interpretada por Audrey Tautou (mais conhecida por Amélie Poulain), a famosa estilista francesa que revolucionou o mundo da moda ao ousar se vestir com roupas masculinas quando todas as mulheres usavam os desconfortáveis espartilhos e outros adereços exagerados.

A obra retrata o difícil início de carreira, quando ela precisou vencer inúmeros obstáculos, da pobreza extrema aos costumes de sua época – a França do começo do século XX, período de grande extravagância – para conseguir o que queria. História de perseverança e coragem que pode inspirar as mulheres empreendedoras.


E aí, gostou dessa seleção de filmes? Qual outro filme de mulheres inspiradoras você indica?

Leia Também: Curso Organização Emocional

Namaste,

Vera Paiva

7 Filmes Inspiradores para Motivar e Empoderar Mulheres
5 (100%) 1 vote

Empreendedora, você se sente perdida e sem apoio? 

Torne sua jornada mais leve!

Vera Paiva

Minha missão é empoderar mulheres, como você, através do desenvolvimento pessoal e profissional, para que desperte o seu propósito, se transforme na sua melhor versão e tenha uma vida plena e equilibrada

Website: http://sejaplenaempreenda.com.br